segunda-feira, 22 de agosto de 2016

PORQUE SENSITIVOS SENTEM-SE DRENADOS PERTO DE PESSOAS FALSAS por Luiza Fletcher



Tem pessoas que te causam um certo tipo de "sufocamento", "constrangimento" ou "náusea"? Que sugam a sua energia e você foge para não ficar perto delas? Não é misticismo, talvez você seja um "empata" ou "sensitiva". Eu por exemplo, sou sensitiva! Tenho este dom de leitura corporal incrivelmente avançado sem fazer qualquer esforço, sendo muito natural para eu fazer leitura de uma pessoa... é impressionante esta capacidade que possuo desde sempre. Roberta Carrilho


Os seres humanos com sensibilidade emocional aumentada foram oficialmente identificados em 1991 pela psicóloga Dra. Elaine Aron. Ela descobriu que 15-20% da nossa população poderia ser classificada como sensitiva. Ela chegou a propor que os seus cérebros processam informações sensoriais e regulam as emoções de forma diferente.

Empatas são muito mais sensíveis a emoções e comportamentos. Eles são ouvintes natos, genuínos, e muitas vezes muito generosos. Mas como são tão finamente ajustados ao meio ambiente, muitas vezes podem detectar pessoas e comportamentos falsos. Eles prosperam em relacionamentos profundos e honestos e literalmente não conseguem lidar com pessoas pretensiosas.

Porque empatas são drenados por pessoas falsas?
Se você é um empata e interage com alguém hipócrita, dissimulada, mentirosa, egoísta, consegue ver através desses fragmentos. Você não consegue simplesmente ignorar este fato – pois ele realmente desencadeia um estado de desconforto. Os sintomas são tanto mentais quanto físicos, tais como cansaço, frustração, mãos úmidas, ou aumento da batida de coração.

Mas não é a aversão à pessoas falsas que te machuca, é entender que essas pessoas são uma cortina de fumaça para esconderem a sua própria dor. No entanto, manter-se perto delas não é algo que te deixa confortável.

Comportamentos e situações que são um problema para sensitivos

Exemplos comuns de comportamentos que acionam o alarme de um empata:
  1. Fazer elogios falsos apenas para receber aceitação;
  2. Fazer de vítima sempre quando questionado suas ações;
  3. Dissimular uma realidade quando pergunta do passado da pessoa;
  4. Culpar os outros pelos resultados e nunca assumir que pode ter sido o agente causador da reação; 
  5. Justificar sempre suas ações;
  6. Embelezar histórias ou verdades para ganhar a aprovação dos outros;
  7. Agir de forma dura para mascarar os verdadeiros sentimentos de vulnerabilidade;
  8. Fazer-se de engraçado forçadamente;
  9. Fazer-se de maduro, responsável e comportar de forma adversa daquela;
  10. Achar graça em comportamentos de pessoas socialmente antipatizadas; 
  11. Ser rude ou sem educação querendo transparecer ser maduro ou responsável;
  12. Não saber ouvir um não sem se ressentir ou evadir do local;
  13. Impor um estilo de vida ao outro;
  14. Comparar as pessoas com sua família como se fosse o modelo a ser seguido;
  15. Aconselhar inveja ou ressentimento com falsas delicadezas;
  16. Comprometer-se facilmente em ganhar a aceitação dos outros;
  17. Fanáticas e repetitivas;
  18. Impor uma ideologia partidária sem respeitar a sua que é diferente;
  19. Renunciar a sua personalidade natural para tentar agir de outra maneira.

Respostas e reações comuns de sensitivos

Suas reações instintivas podem incluir:
  1. Evitar a pessoa por completo devido às más vibrações que você sente quando está ao seu redor;
  2. Sentimentos de medo e mal-estar que só param quando você se distancia da fonte;
  3. Dificuldade para formar frases, responder perguntas sobre si mesmo;
  4. Afastar ou ignorar evitando qualquer contato mais prolongado;
  5. Mentir quando encontra que está atrasado ou que alguém está esperando para sair de perto sem ser indelicado em dizer que a companhia daquela pessoa lhe é extremamente desagradável e incomoda;
  6. Experimentar sentimentos de culpa por não querer estar perto da pessoa;
  7. Sentir-se fisicamente enjoado depois de longas interações com pessoas falsas;
  8. Ter vergonhas que outras pessoas a veja conversando ou interagindo com ela em locais públicos;
  9. Ficar constrangido com a insistência em querer aparecer para todos que é seu amigo nas redes sociais e fora delas quando encontra casualmente;
  10. Falta de vontade de falar ou contribuir para a conversa ir mais longe;
  11. Querer simplesmente largar tudo e deixar a situação o mais rapidamente possível.

As melhores maneiras de lidar com pessoas falsas, sendo um empata:
É um fato inevitável da vida ter que lidar com pessoas falsas, dissimuladas, mentirosas, egoístas, constrangedoras de vez em quando. Como um empata, simplesmente fugir destas situações não é uma opção. Em vez disso, você deve usar estes 3 princípios-chave para manter a compostura e evitar reações negativas quando se lida com pessoas falsas.

1.Seja sempre sincero
Muitas vezes nos encontramos em uma situação de conflito: como uma pessoa sensível, como podemos falar se sabemos que podemos ferir os outros? Bom, para começar, dizer “não” a um pedido não te torna uma pessoa ruim.

Se é bom para você, é bom para os outros, e vice-versa. Nunca tenha medo de ser sincero e dizer “não” quando necessário. Os outros devem controlar suas próprias emoções, não importa a sua resposta, por isso não é sua culpa se ficarem chateados.

2.Lembre-se de seguir o seu próprio caminho
Outro erro comum é se deixar levar com a tentativa de ajudar a o máximo de pessoas possível. Embora seja ótimo ajudar os outros, você deve definir um limite para buscar seus próprios sonhos e esperanças. Caso contrário, você vai ficar vazio, e será incapaz de continuar a ajudar os outros.

Em vez disso, você precisa ser ousado e seguir seu coração. Não deixe que os outros fiquem em seu caminho e lembre-se de que você não pode salvar o mundo inteiro. Não negligencie o desenvolvimento pessoal e a importância de seguir o seu próprio caminho.

3.Compreenda que você não pode agradar a todos
Querer agradar os outros pode parecer inocente, mas pode ser altamente prejudicial para si mesmo. Se você está sempre indo contra si mesmo para agradar aos outros, suas próprias necessidades são colocadas em espera. Eventualmente, você ficará drenado, exausto e será incapaz de agradar a alguém.

Você se beneficia quanto aumenta a sua autoestima, então lembre-se: suas necessidades devem estar satisfeitas antes que você possa atender a outros adequadamente.


P.S.:
Livro: Use a Sensibilidade a seu Favor - Pessoas Altamente Sensíveis - Aron,Elaine N.

Eu ainda não li este livro ... mas fica a dica para quem for sensitivo ou empata! Quem ver este post e ler me dá um toque aqui e me conta o que achou do livro.



Segue a sinopse:
O objetivo deste livro é ajudar pessoas que tem um filho que chora por qualquer coisa, pessoas que se sentem ameaçadas por outras, ficam tímidas na frente da pessoa amam e para professores e terapeutas que têm de ajudar pessoas sensíveis a serem felizes. A autora aplica testes de auto-análise que ajudam a identificar a sensibilidade pessoal e oferece dicas de como lidar com o sentimento de rejeição e saber a importância em deixar de ser uma pessoa tímida - características das *PAS. Segundo a pesquisa, as PAS possuem habilidades comuns, como conseguir localizar melhor os erros e evitá-los, capacidade de profunda concentração, alta eficiência em tarefas que exigem vigilância, precisão e velocidade e percepção de detalhes, capacidade de aprender sem perceber que estão aprendendo, processam informações com os níveis mais profundo da mente. Homens sensíveis são valorizados pelas mulheres. Mulheres sensíveis são valorizadas pelo mercado de trabalho. Pais sensíveis escutam os seus filhos mesmo no silêncio. A autora busca orientar profissionais, educadores e pais, além da própria pessoa, a lidar com essa característica. 

*PAS - Pessoas Altamente Sensíveis 



Um comentário:

  1. Olá tudo bem ? Como faço pra comprar seu livro ? Meu e-mail - julia@flairs.com.br obrigada !

    ResponderExcluir